Clio RS 220 Trophy é o Hot Hatch mais rápido em Nurburgring

Renault-Clio-RS-220-Trophy-3

Com tempo de volta de 8 minutos e 23 segundos, o Clio RS 220 Trophy bateu o record de sua categoria. Ele se tornou o Hot Hatch mais rápido em Nurburgring, na Categoria B-segment. Uma categoria abaixo do Megane RS 275 Trophy R, que foi o recordista de tração dianteira mas acabou perdendo o posto para o Honda Civic Type-R em 2015.

Na disputa contra o Clio, haviam modelos como Audi S1 – equipado com um 2.0 litros turbo de 228cv e 37,7kgf.m, um Opel Corsa OPC – equipado com motor 1.6 litro de 192cv e 24kgf.m e, também, o Mini Cooper JCW – com propulsor 2.0 litro turbo de 231cv e 33kgf.m. Read More

Renault Clio Williams – Ele pode te surpreender!

O Clio Williams existe graças ao piloto de Fórmula 1, Nigel Mansell? Não é bem assim, mas ele tem uma pequena colaboração para este feito. Após Mansell ser campeão mundial pela equipe Williams de Formula 1 em 1993, a Renault teve a brilhante idéia de fabricar uma versão apimentada do já existente Clio 16v em homenagem à esta vitória. O carro de F1 da Williams, pilotado por Mansell, utilizava o motor RS3C/RS4 V10 de 750cv da Renault, no chassi FW14B Williams.

pictures_williams_fw14_1992_1

O Renault Clio começou a ser fabricado no início da década de 90, na categoria supermini car. Foi sucessor do famoso Renault 5, que deixara de ser fabricado em larga escala, com produção transferida para a Eslovênia, como produto de menor custo. Read More

Avaliação Sandero R.S. – Parte I

2015-09-26 17.43.22.2Está mais do que claro que a Renault surpreendeu o mercado brasileiro com o lançamento do Sandero R.S. 2.0 16v de 150cv e 6 marchas. Um esportivo de verdade, fabricado no Brasil e carimbado pela francesa RenaultSport. Mas, afinal, quais são os detalhes e impressões que diferenciam o RenaultSport dos demais modelos?

O Renault Clube iniciará uma série de avaliações para mostrar exatamente do que o Sandero é capaz, ou não. Nesta primeira etapa, vamos avaliar apenas a construção do carro. Detalhes do interior, exterior e montagem do veículo.

INTERIOR

A Renault priorizou o desempenho para este modelo, e não o design de algumas peças que compõem o interior do Sandero R.S.. Algumas partes plásticas foram utilizadas, sem grandes ou nenhuma mudança em comparação aos modelos Expression e Dynamic da montadora. Read More

Conheça os motores Energy da Renault

Não é nenhuma novidade que a Renault é uma das pioneiras em tecnologia automobilística, e quando se trata de tecnologia de motores…bem, basta ligarmos a TV no domingo de manhã, certo?

Nos últimos anos, a montadora francesa tem utilizado os motores Energy para equipar todos os modelos da gama comercializados na Europa.

Estes propulsores foram desenvolvidos para eficiência, tanto para um bom desempenho, quanto para baixo consumo de combustível. Seguindo a tendência de “downsizing” da atualidade, alguns modelos do ‘Energy’ também possui versões de apenas três cilindros e os benefícios são inúmeros: menor peso, menor atrito, menor consumo, menor vibração, etc. Tudo que já sabemos sobre esta nova disposição de motores.

Não se engane, eles podem te surpreender, principalmente por serem sobrealimentados. Sim, estes motores são turbo e podem economizar até 33% de combustível se comparado aos seus antecessores, tanto nas versões gasolina quanto nas versões diesel. Mas vamos ao que realmente interessa, certo? Afinal, quais são e do que são capazes?
Read More

Dácia Sandero RS é Flagrado na Europa.

Um “espião” enviou fotos do novo Sandero RS para nossos amigos da CarScoop. Fica claro que quase todas as projeções citadas por nós anteriormente, são reais! Rodas Renault Sport, volante Renault Sport com comandos, bancos com suportes laterais agressivos, câmbio manual de 6 velocidades, altura diferenciada, ponteira de escapamento dupla e, quem sabe, um botão “RS” no painel, que não parece claro nas fotos.

Dacia-Sandero-RS-3

Esta versão européia é uma forte candidata a receber o motor 1.2 turbo do Clio GT, que já é produzido pela Renault por lá, e entrega 120cv de potência. A versão brasileira, no entanto, deve virá com o propulsor 2.0 16v derivado do Renault Duster, e aproximadamente 170cv.

Dacia-Sandero-RS-5-620x396

Ainda em testes, é bastante complicado saber qual será a forma final do carro, tanto na Europa, quanto no Brasil. Mas com as imagens deste modelo flagrado, fica muito mais confortável de se ter uma boa noção do que o carro será, tanto por fora, quanto por dentro.

Dacia Sandero RS 4

Dacia Sandero RS 9

Agora nos resta esperar por mais informações da fábrica, em relação ao modelo que será comercializado no Brasil, e que pode trazer a Renault novamente ao mercado esportivo por aqui, depois de muitos anos!